Dirigentes sindicais discutem medidas contra PL 257 e PEC 241

Por
|
Na última terça-feira (23), representantes de entidades sindicais de âmbito nacional se reuniram na sede do Sindicato dos Policiais Federais no DF (Sindipol/DF) para discutir ações a serem tomadas contra medidas que prejudicam a boa prestação de serviço público no Brasil.
De acordo com o vice-presidente da Pública, a central do servidor público, as leis que estão para ser votadas no Congresso Nacional trarão danos irreparáveis ao Estado. “O PL 257 e a PEC 241 destroem o Brasil. O sistema financeiro está hoje com quase 52% do orçamento da União nas mãos. O que vai restar depois da tomada que as leis promoverão? Sistema financeiro não produz emprego”, criticou Ogib Teixeira, em relação ao poder dos grandes investidores na economia nacional.
Muitos dos diretores sindicais levantaram a hipótese de uma greve geral ser realizada em todas as esferas do poder público para que o governo e os parlamentares entendam a gravidade dos projetos que tiram investimentos em áreas fundamentais da sociedade.
Para Lourismar Duarte, diretor da Federação Nacional dos Policiais Rodoviários Federais (FenaPRF), é preciso abrir uma discussão franca sobre os projetos dentro do Congresso Nacional. “É importante a união das centrais e de todo o movimento sindical para lutar contra os projetos de lei que prejudicam o funcionalismo público brasileiro, refletindo na qualidade do serviço prestado à população, principalmente no caso da PEC 241/16 que congela por 20 anos qualquer melhoria da oferta de serviços públicos à sociedade”, afirmou Duarte.
Representaram a FenaPRF, o vice-presidente da entidade, Deolindo Carniel; o diretor de secretaria, Lourismar Duarte e o diretor parlamentar, Everson Feuser.


A reprodução desta notícia é autorizada desde que contenha a assinatura ‘Agência FenaPRF’

Notícias Relacionadas:

  1. FenaPRF e CONAMP discutem ações contra a PEC 37
  2. FenaPRF oferece curso de Formação de Lideranças Sindicais para dirigentes dos SINPRFs
  3. Dirigentes sindicais debatem campanha salarial e aprovam continuidade para os trabalhos da Comissão de Negociação
  4. Dirigentes sindicais da FenaPRF e de SINPRFs percorrem Congresso em busca de apoio parlamentar
  5. Dirigentes sindicais da FenaPRF e do SINPRF/BA se reúnem com o Ministro Aroldo Cedraz sobre o acórdão 1829/2014