FenaPRF e SinPRFs na luta pela Regulamentação da Indenização de Fronteira e Difícil Fixação

Por
|

Na tarde desta quinta-feira (11) representantes sindicais da FenaPRF e dos SinPRFs PA/AP e PR, juntamente com líderes sindicais das demais carreiras abarcadas pela Lei 12.855/2013, que instituiu a Indenização de Fronteira e Locais de Difícil Fixação, se reuniram com o Secretário Adjunto de Gestão de Pessoas e Relações de Trabalho do Ministério do Planejamento, Desenvolvimento e Gestão (MPDG), Fernando Siqueira, para buscarem a regulamentação da lei.

Por intermédio do sistema sindical da PRF, o Senador José Medeiros (PSD/MT) também compareceu na audiência para fazer coro em conjunto com as entidades pela regulamentação da matéria, se comprometendo a manter a busca nas esferas superiores do Governo Federal para acelerar este processo.

Para o Vice-Presidente da FenaPRF, Deolindo Carniel, todo o esforço conjunto feito pelas entidades é válido para a busca da solução definitiva deste anseio dos PRFs que atuam nas fronteiras e locais de difícil provimento do país, e complementa: “vamos intensificar a pressão, com o apoio dos parlamentares que defendem a causa da segurança pública, e buscar esta regulamentação tão justa e necessária para o fortalecimento do combate aos crimes transfronteiriços!”

Confira a nota conjunta sobre o encontro divulgada pelas entidades:

NOTA CONJUNTA – INDENIZAÇÃO DE FRONTEIRA
As Entidades representativas da maior parte das carreiras que fazem jus à Indenização de Fronteira, inclusas no rol da Lei 12.855/2013, abaixo subscritas, cobraram informações do Ministério do Planejamento, Desenvolvimento e Gestão – MP sobre o andamento da regulamentação da legislação, em reunião com o secretário Adjunto de Gestão de Pessoas e Relações de Trabalho, Fernando Siqueira, e com o coordenador de Negociação e Relações Sindicais, José Borges, nesta quinta-feira, 11 de maio, em Brasília.
A reunião deu seguimento à articulação feita em 21 de março junto ao secretário de Gestão de Pessoas e Relações de Trabalho, Augusto Akira Chiba. Na ocasião, os representantes dos servidores reiteraram a posição de adesão das entidades à relação dos municípios que deverá constar do decreto de regulamentação da lei. A lista já havia sido apresentada ao MP anteriormente.

Após ouvir os representantes, o secretário Adjunto informou que está em elaboração pelo MP a minuta do decreto presidencial que irá regulamentar a Lei 12.855/2013. A pasta já pediu aos órgãos o quantitativo dos servidores lotados nessas localidades, e, com base nisso, serão feitas análises orçamentária e jurídica. Posteriormente, a proposta de decreto seguirá para avaliação e deliberação do ministro, Dyogo de Oliveira, que então poderá fazer o encaminhamento à Casa Civil.

Fernando Siqueira foi ainda enfático ao afirmar que a conclusão da minuta deverá ocorrer em breve, embora não tenha estabelecido um prazo. Por solicitação das entidades, o secretário Adjunto assumiu o compromisso de divulgar o conteúdo da minuta de decreto antes do envio à Casa Civil.

ANFFA SINDICAL – Sindicato Nacional dos Auditores Fiscais Federais Agropecuários
APCF – Associação Nacional dos Peritos Criminais Federais
FENAPEF – Federação Nacional dos Policiais Federais
FENAPRF – Federação Nacional dos Policiais Rodoviários Federais
SINAIT – Sindicato Nacional dos Auditores Fiscais do Trabalho
SINDIRECEITA – Sindicato Nacional dos Analistas-Tributários da Receita Federal do Brasil
SINPECPF – Sindicato Nacional dos Servidores do Plano Especial de Cargos da Polícia Federal
SINPRFPAAP – Sindicato dos Policiais Rodoviários Federais nos Estados PA/AP”

Notícias Relacionadas:

  1. FenaPRF e Sindireceita pressionam MJ pela regulamentação da Indenização de Fronteira
  2. Secretário garante agilidade no andamento da regulamentação de indenização de fronteira
  3. Indenização de fronteira: categorias se unem para definir localidades de difícil provimento
  4. SINPRF-PA/AP e FenaPRF debatem regulamentação da indenização de fronteira com o MJ
  5. Servidores farão manifestação na Ponte da Amizade por regulamentação da Indenização de Fronteira