FenaPRF propõe mudanças em projeto que dita medidas contra a corrupção

Por
|

O deputado Onyx Lorenzoni recebeu o documento pessoalmente | Foto: Sérgio Vinícius – Agência FenaPRF

A Federação Nacional dos Policiais Rodoviários Federais (FenaPRF) se encontrou com o deputado federal Onyx Lorenzoni (DEM/RS), na tarde de ontem (3/8) para apresentar sugestões de alterações no Projeto de Lei (PL) 4850/2016, chamado de Dez Medidas contra a Corrupção, nascido de práticas sugeridas pelo Ministério Público Federal.

Tiago Arruda, diretor jurídico da FenaPRF, explicou ao deputado que as sugestões apresentadas e protocoladas pela entidade “visam melhorar a redação de pontos entendidos como indevidos” na redação atual do PL 4850/2016.

Onyx Lorenzoni disse que as sugestões apresentadas são bem vindas pelo caráter inicial do projeto de lei do qual ele é o relator. “As dez medidas (contra a corrupção) na verdade são dez conceitos. Em muitos momentos estão muito bem expostos, vão ser medidas legais importantes, porém, precisam de ajustes. Vamos tentar trazer para a legislação brasileira formas diferenciadas de combate à corrupção como há na Europa”, esclareceu o deputado.

O parlamentar ainda afirmou que está estudando maneiras de propor alterações que sejam benéficas de modo a que o projeto atenda o combate à corrupção de forma ampla e eficaz.

PL 4850/2016

Estabelece medidas contra a corrupção e demais crimes contra o patrimônio público e combate o enriquecimento ilícito de agentes públicos. Encontra-se aguardando Parecer do Relator na Comissão Especial

Somente após sofrer as alterações propostas pela relatoria e ganhar aprovação na Comissão Especial é que o projeto será analisado em plenário..

Também participaram da reunião: Everson Feuser, diretor parlamentar da FenaPRF, e três representantes do Departamento de Polícia Rodoviária Federal.


A reprodução desta notícia é autorizada desde que contenha a assinatura ‘Agência FenaPRF’

Notícias Relacionadas:

  1. Sindicalistas entregam a Renan documento contra mudanças contidas nas MPs trabalhistas
  2. FenaPRF questiona tratamento desigual em anteprojeto que propõe teste de integralidade para servidores públicos
  3. Brasil tem apenas 632 presos por corrupção; procurador defende mudanças legais
  4. Servidores federais anunciam para dia 23 protestos contra medidas fiscais
  5. Encontro da Diretoria Executiva da FenaPRF define ações e estratégias