Juiz poderá fixar o pagamento de multas para o SUS em condenações por uso e tráfico de drogas

Por
|

A Câmara dos Deputados analisa proposta que estabelece que o juiz deverá, em condenações relacionadas ao uso ou ao tráfico de drogas, fixar um valor mínimo para a reparação dos danos causados à Saúde Pública. O Projeto de Lei (PL 4947/16), do deputado Delegado Waldir (PR-GO), determina que o valor estipulado na sentença deve variar de dois a dois mil salários mínimos, e ser depositado pelo condenado em conta destinada ao Sistema Único de Saúde (SUS).

A proposta altera a lei do Sistema Nacional de Políticas Públicas sobre Drogas (Lei 11.343/06 - Sisnad). A legislação traz uma série de dispositivos sobre a utilização dos serviços de saúde pública para o tratamento dos usuários de drogas.

“Os cidadãos usuários da saúde pública não podem ser penalizados pelo aumento da demanda de atendimento de usuários e de dependentes de drogas, sem que o responsável pela infração penal tenha feito a indenização pelos prejuízos causados ao Sistema de Saúde”, argumenta o autor.

Tramitação
O projeto será analisado conclusivamente pelas comissões de Segurança Pública e Combate ao Crime Organizado; e de Constituição e Justiça e de Cidadania.

Fonte: Agência Câmara Notícias

Notícias Relacionadas:

  1. Frente lança na Câmara campanha de combate ao tráfico de drogas
  2. PB: PRF prende suspeito de tráfico de drogas no Litoral Norte do estado
  3. Segurança aprova capacitação de agentes religiosos para prevenir uso de drogas
  4. AGU consegue liberar pregão internacional para compra de 44 veículos de combate ao tráfico de drogas e armas
  5. RJ: Gerente do tráfico de drogas na Favela Rodrigues Alves é preso pela PRF