Author Archive:

DF: PRF recupera carga roubada no valor de 400 mil reais

Na noite de ontem (17), na BR 060, em frente a unidade operacional de Recanto das Emas/DF, no Km 13, a PRF recuperou um caminhão com 600 caixas de vestuário. As mercadorias foram roubadas de uma grande loja de departamento.

A ocorrência teve início quando os policiais deram ordem de parada a um caminhão com placas de Santa Catarina. No veículo, estava o motorista de 33 anos e um passageiro de 37. Quando os policiais solicitaram a documentação da mercadoria, o condutor apresentou uma nota fiscal emitida no dia 5, que não correspondia aos itens transportados no momento.

Em consulta aos sistemas policiais foi constatado que a carga era produto de roubo, ocorrência registrada na delegacia de Garuvá/SC, e que o próprio motorista do caminhão havia registrado a ocorrência no dia 9 do mês passado

A carga avaliada em aproximadamente 400 mil reais estava armazenada em cerca de 600 caixas. Nas peças de vestuário, através das etiquetas, os policiais confirmaram que a mercadoria é de propriedade de uma grande loja de departamento. Os homens declararam que a carga lhes foi entregue em Taguatinga/DF e que o destino final seria a cidade de Goiânia/GO.

Diante das evidências, os dois envolvidos foram encaminhados para a delegacia judiciária local (27° DP) e poderão responder por apropriação indébita, comunicação falsa de crime e roubo de carga.

Reprodução: Agência PRF

PR: PRF apreende uma tonelada de maconha em caminhonete abandonada

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) apreendeu na manhã desta sexta-feira (18) uma caminhonete carregada com uma tonelada de maconha, abandonada na Ponte Ayrton Senna na BR 163, em Guaira/PR.

A PRF foi avisada de que uma caminhonete GM/S10 estava parada sobre a ponte. Em seguida, os policiais foram até o local e encontraram o veículo abandonado, carregado com vários tabletes de maconha.

O veículo não possuía alerta de furto ou roubo e nem sinais de adulteração. Os policiais acreditam que o veículo tenha apresentado problemas mecânicos, por isso o motorista o abandonou e fugiu.

Após a apreensão, os agentes realizaram buscas para localizar o motorista, no entanto ele não foi encontrado.

O veículo e a droga foram encaminhados à Policia Federal em Guaíra onde, após a pesagem, a maconha apreendida totalizou 1.088 quilos.

Reprodução: Agência PRF

Senado aprova Sistema Único de Segurança e texto vai a sanção

O Senado concluiu a votação do projeto que cria o Sistema Único de Segurança Pública (Susp) e a Política Nacional de Segurança Pública e Defesa Social. A proposta segue agora para sanção presidencial, pois já passou pela Câmara dos Deputados.

O projeto foi aprovado pela Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) do Senado após duas sessões de debates e divergências, ocorridas neste semana e na semana passada. A principal crítica à proposta foi pela inclusão das políticas de atendimento socioeducativo no novo sistema único.

A discussão sobre o tema se repetiu no plenário, onde senadores defenderam a rejeição desse trecho em separado, alegando que a repressão a crimes cometidos por crianças e adolescentes deve constar menos na pauta de segurança pública e mais no campo dos direitos humanos e assistência social.

Após aprovarem o projeto por maioria simbólica, os parlamentares decidiram manter, por 41 votos a 16, o Sistema Nacional de Atendimento Socioeducativo (Sinase) no Susp. Com o objetivo de não alterar o mérito da matéria e fazer com que voltasse à Câmara, o relator do projeto, senador Antonio Anastasia (PSDB-MG), defendeu novamente a aprovação do texto.

Composição
Segundo o projeto, o Susp será composto pelas Polícias Federal, Rodoviária Federal, Civil e Militar. Também farão parte do sistema o Corpo de Bombeiros Militar e a Força Nacional de Segurança Pública. As guardas municipais poderão colaborar em atividades suplementares de prevenção.

O projeto
De autoria do Executivo, a proposta estabelece princípios e diretrizes dos órgãos de segurança e prevê proteção aos direitos humanos e fundamentais; promoção da cidadania e da dignidade do cidadão; resolução pacífica de conflitos; uso proporcional da força; eficiência na prevenção e repressão das infrações penais; eficiência nas ações de prevenção e redução de desastres e participação comunitária.

Entre as principais linhas de ação do sistema estão a unificação dos conteúdos dos cursos de formação e aperfeiçoamento de policiais, a integração dos órgãos e instituições de segurança pública, além do uso de métodos e processos científicos em investigações.

Entre as mudanças de procedimento, o texto estabelece a criação de uma unidade de registro de ocorrência policial, além de procedimentos de apuração e o uso de sistema integrado de informações e dados eletrônicos. O projeto diz ainda que o Ministério da Segurança Pública fixará, anualmente, metas de desempenho e usará indicadores para avaliar os resultados das operações.

O texto institui também o Sistema Nacional de Informações de Segurança Pública, Prisionais e sobre Drogas, que tem a finalidade de armazenar, tratar e integrar informações sobre segurança e defesa social, sistema prisional e execução penal e o enfrentamento do tráfico de drogas ilícitas.

Reprodução Agência Brasil

Reajuste do plano de saúde da Amil será de 18,05% + coparticipação

A Federação Nacional dos Policiais Rodoviários Federais (FenaPRF), em parceria com o Grupo Elo – Seguros e Benefícios, conseguiu a menor porcentagem de reajuste anual possível com as operadoras de planos de saúde e odontológico. As negociações foram tidas como satisfatórias ao índice proposto apresentado inicialmente.

Sobre o reajuste anual da Amil Saúde, a proposta inicial do plano era de aumento de 47,60%. Insatisfeito com os valores, o Grupo Elo manteve a negociação por meio da análise médica da população e tendência da carteira, conseguiu chegar à porcentagem de 33,93%, valores que ainda poderiam inviabilizar a manutenção do contrato.

Coparticipação
Desta maneira, foram solicitadas novas alternativas à Amil. A única condição apresentada pela operadora foi de passar a ter uma contrapartida do beneficiário na utilização do plano de saúde, chegando-se, assim, ao índice final de 18,05%, com 30% de coparticipação efetiva para consultas, exames e procedimentos, exceto internações, aplicado de forma compulsória sobre o contrato. Medida essa aceita pela FenaPRF e o Grupo Elo.

Veja baixo a tabela com valor limite por procedimento com o percentual da coparticipação:

Dental
Já referente ao reajuste anual da Amil Dental, a operadora apresentou o índice de reajuste de 2,86%, o que se faz necessário para o equilíbrio econômico-financeiro do plano, valor que foi considerado favorável pela FenaPRF e o Grupo Elo.

MS: PRF apreende veículo com quase meia tonelada de maconha e prende batedor do entorpecente

No início da manhã desta quinta-feira, 17 de maio, a Polícia Rodoviária Federal (PRF) apreendeu 450kg de maconha e prendeu os batedores da droga na BR-463 km 68 em Ponta Porã/MS.

A equipe fiscalizava na Unidade Operacional e abordou um carro com placa de Céu Azul/PR, conduzido por um homem de 50 anos, na companhia do passageiro de 25.

O motorista se apresentava bastante nervoso com a abordagem e deu explicações infundadas acerca da viagem à Ponta Porã/MS. Enquanto fiscalizavam o veículo, passou pela Unidade Operacional, um outro veículo com placas de Campo Grande/MS, que não acatou a ordem de parada e empreendeu fuga.

Após alguns quilômetros tentando acompanhar o veículo, os policiais o encontraram abandonado às margens da rodovia e seu condutor evadido, não sendo encontrado. No veículo havia vários tabletes de maconha que somaram 450kg (quatrocentos e cinquenta quilos) do entorpecente e um jogo de placas de Itapuranga/GO.

Suspeitando de que o Ecosport seria o batedor do carregamento, a equipe retomou a fiscalização do utilitário, encontrando um rádio comunicador na mesma frequência do Crossfox. Os policiais observaram ainda, em registros da PRF, que o veículo já realizou o mesmo serviço de batedor em 23/04/2018.

Em consulta aos sistemas informatizados, verificou-se que o Crossfox tem placas originais de Brasília/DF, com registro de furto/roubo em 23/02/2018.

Os veículos apreendidos, os suspeitos e a droga foram encaminhados para a Polícia Federal em Ponta Porã/MS.

Reprodução: Agência PRF

PE: Indivíduo acusado de assaltos na BR 104 é detido

A Polícia Rodoviária Federal participou na tarde de ontem (16) de uma Operação Integrada no Estado de Pernambuco. A ação foi coordenada pela Polícia Civil de Quipapá/PE, com o apoio de policiais civis de Panelas/PE e de São Benedito do Sul/PE, além de agentes da Polícia Rodoviária Federal de Alagoas.

O objetivo da operação integrada foi dar cumprimento ao mandado de Prisão Temporária, expedido pela Juiz de Direito da Comarca de Quipapá-PE, em desfavor de um indivíduo acusado de tentativa de latrocínio contra um Policial Militar do Ceará, sua mulher e seus 6 (seis) filhos, na entrada do trevo da cidade de Quipapá-PE. Além desse crime, o indivíduo é suspeito de realizar diversos assaltos na BR 104 que liga Alagoas a Pernambuco.

Além do mandado de prisão, foi expedido mandado de Busca e Apreensão de um veículo Hilux/SW4, que estava com o acusado no momento da abordagem, para posterior exame pericial. Após a prisão o acusado foi encaminhado ao Estabelecimento Prisional Doutor Rorenildo da Rocha Leão, no município de Palmares/PE.

Reprodução: Agência PRF

TO: Educação para o Trânsito é a aposta da PRF para o futuro

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) possui Termo de Cooperação Técnica firmado com a Prefeitura Municipal de Palmas, tendo por objetivo principal implementar um projeto piloto nacional, a PRF inserindo-se de forma cotidiana na formação dos novos cidadãos, uma junção de esforços para incutir noções de cidadania e educação para o trânsito nas crianças e adolescentes da Escola de Tempo Integral Anísio Spínola Teixeira.

A instituição de ensino, localizada no Bairro Bertaville, foi a escola escolhida para se tornar a escola modelo da PRF. É a primeira escola do Brasil a ter elementos estruturais e conceito pedagógico alicerçados em princípios institucionais da PRF e com conteúdo multidisciplinar voltado para a educação para o trânsito.

O Grupo de Educação para o Trânsito (GETRAN) da PRF já realizava ações de educação para o trânsito em instituições de ensino através do projeto FETRAN (Festival de Trânsito) é um projeto que tem como foco ensinar e conscientizar crianças e adolescentes de todo o Brasil sobre a importância das leis de trânsito e assim reduzir os altos índices de acidentes graves e mortes.

Com os resultados positivos do projeto surgiu a ideia da parceria entre PRF e Prefeitura Municipal de Palmas, vínculo estruturado através do Grupo do GETRAN da PRF e da Secretaria Municipal de Educação. Diante da parceria instituída, a educação para o trânsito passou a ser abordada com os alunos de maneira mais profunda e cotidiana, no entanto, o público não se resume aos alunos, abrange também todo o corpo docente da escola, os pais e a comunidade, afinal a construção de um trânsito mais seguro depende da participação e conscientização de todos.

Para o Superintendente da PRF no Tocantins, Hallison Melo, “a educação para o trânsito é o principal caminho na construção de um trânsito mais seguro, formar cidadãos conscientes do seu papel e sua responsabilidade no trânsito é basilar para termos um país com um trânsito menos violento.”.

O Brasil aparece em quinto lugar entre os países recordistas em mortes no trânsito, precedido por Índia, China, EUA e Rússia e seguido por Irã, México, Indonésia, África do Sul e Egito. Juntas, essas dez nações são responsáveis por 62% das mortes por acidente no trânsito. Segundo Hallison Melo, “apenas a educação para o trânsito é capaz de mudar esta lamentável realidade nacional.”.

Servidores querem eleger bancada para barrar reforma da Previdência

De olho nas eleições deste ano, entidades de servidores públicos começaram a se organizar para criar uma bancada expressiva de apoio à categoria no Congresso. O objetivo é barrar a reforma da Previdência e o corte de benefícios no próximo governo.

As organizações querem ajudar a eleger um número suficiente de deputados e senadores para impedir a aprovação de proposta de emenda constitucional (PEC), como é o caso da Previdência, o que é possível com exatos 206 votos. O ideal é fazer uma bancada com mais de 308 deputados, para propor uma PEC que derrube outra: a do Teto dos Gastos, que foi editada em 2016.

A emenda em questão limitou as despesas dos poderes públicos – entre eles reajustes -, independentemente do comportamento da arrecadação. Atualmente, não há uma bancada consolidada, mas duas frentes que apoiam o segmento dos servidores: uma com 201 e outra com 238 deputados, mas há vários parlamentares nas duas, dificultando um balanço real.

A Pública – Central do Servidor, criada em 10 de agosto de 2015, quer reunir, para o pleito de 2018, pela primeira vez, todos os pré-candidatos egressos do funcionalismo público. Eles estarão reunidos em uma única plataforma que vai elencar nomes e propostas dos candidatos aos cargos estaduais e federais em todo o país. Já o Fórum Nacional Permanente de Carreiras Típicas de Estado (Fonacate) lançou uma carta com diretrizes para os candidatos, para que a sociedade conheça os comprometidos com o fortalecimento do serviço público e direitos dos trabalhadores.

A categoria está animada por conta de terem sido arquivadas, em fevereiro, a proposta da reforma da Previdência e a Medida Provisória (MP) 805, que elevava a contribuição previdenciária de 11% para 14%, para os salários acima do teto do INSS – R$ 5.645,00.

A Pública define que a ação é plural, multipartidária e faz parte da campanha do voto consciente do servidor público nas eleições de 2018, que será lançada pela entidade em 5 de julho, na Associação dos Fiscais de Renda em São Paulo (Afresp). Segundo o presidente da entidade, Nilton Paixão, os servidores têm um potencial de 46 milhões de votos, conta na qual ele inclui 16 milhões de servidores e mais 30 milhões de familiares deles.

Levantamento preliminar na Pública estima que, até agora, oficialmente, 110 servidores pretendem se candidatar, 60% deles pela primeira vez. Mas acredita que o número de candidatos vai crescer bastante. A meta, diz Paixão, é desconstruir a estratégia do governo de depositar a culpa da crise no servidor, para justificar a reforma da Previdência e reajustes salariais abaixo da inflação ou condenar ganhos reais.

“A premissa principal dessa organização é descongelar o orçamento público”, disse Paixão. Ele cita a emenda que gerou o teto de gastos. “É considerado um teto burro, pois não permite investimentos nem prevê a melhoria do ambiente econômico”, disse ao DCI.

Para Rudinei Marques, presidente da Fonacate, o projeto da reforma da Previdência foi um sinal de alerta para a categoria. “Não queremos só impedir a PEC da Previdência, mas aprovar uma PEC para derrubar a PEC do Teto dos Gastos”, explicou ao jornal.

Demonização
Uma liderança na mira das entidades é o deputado Rogério Rosso (PSD-DF), ex-governador do Distrito Federal e candidato derrotado na disputa à presidência da Câmara contra Rodrigo Maia (DEM-RJ). “A demonização do servidor público teve como efeito essa mobilização das entidades. É preciso, antes de tudo, uma reforma tributária”, disse Rosso.

Para Arthur Maia (DEM-BA), relator do projeto de reforma da Previdência, mesmo organizados, os servidores não têm força para impedi-la. “Os servidores não estão com todo esse prestígio no Congresso, basta ver o que se discute e o que se apresenta aqui em relação a algumas questões que os envolvem”, afirmou ao DCI.

Reprodução: Diário Comércio Indústria & Serviços (DCI)

Planejamento lança sistema para auxiliar no controle de riscos na administração Pública

O Ministério do Planejamento, Desenvolvimento e Gestão lançou nesta terça-feira (15) o Sistema Ágatha – ferramenta desenvolvida para documentar eventuais riscos nos processos internos da administração pública, oferecendo mecanismos de controle e de tratamento das inconformidades, auxiliando o acompanhamento dos planos de melhoria da gestão e apoiando na tomada de decisão do gestor público.

“O sistema foi criado pelo ministério do Planejamento e será disponibilizado gratuitamente a todos os órgãos, através do portal de Software Público” informou o ministro do Planejamento, Esteves Colnago.

A nova ferramenta foi desenvolvida em software livre, com código aberto, o que permite ao usuário customizar o sistema de acordo com a necessidade, ou seja, cada órgão público poderá adaptar o Agatha a sua política de gestão de risco.

“Essa é mais uma medida que vem para fortalecer a governança nos órgãos públicos e a institucionalidade. Temos adotado um conjunto de medidas junto a CGU e ao TCU para fortalecer e trazer mais transparência a administração pública, mostrar tudo aquilo que o governo faz para a sociedade” afirmou Colnalgo.

De acordo com Rodrigo Fontenelle, chefe da Assessoria Especial de Controle Interno (AECI) do MP, o sistema é capaz de analisar o grau de risco que envolve o processo, evitando desperdício de recursos públicos. No ministério do Planejamento o Agatha já analisou 14 programas, identificando riscos potenciais em projetos que já estavam em andamento.

Fonte: Ministério do Planejamento, Desenvolvimento e Gestão

MG: PRF faz sua maior apreensão de maconha do ano no estado

Um acidente envolvendo uma carreta levou à apreensão, pela Polícia Rodoviária Federal (PRF), de duas toneladas de maconha na manhã deste domingo na BR-262, entre Juatuba e Florestal, na Região Metropolitana de Belo Horizonte. Esta é a maior apreensão de maconha realizada pela PRF em Minas Gerais nos dois últimos anos.

O veículo transportava pacotes de farinha de trigo provenientes do Paraguai quando tombou na rodovia. Como a carga se espalhou, acabou revelando os pacotes de maconha. O motorista conseguiu fugir, porém, deixou no veículo seus documentos. Após checarem as informações, os agentes descobriram que ele já havia sido preso por tráfico de drogas.

Após o acidente, populares tentaram saquear a carga e dois homens foram detidos tentando roubar quatro fardos de maconha. Eles foram levados para a Depol de Betim.

A droga foi levada para a Sede da Polícia Federal em Belo Horizonte, onde foi pesada, resultando em 1.996,56 kg.

Reprodução: Agência PRF