Category: PRF em Ação

SC: No mesmo dia, 800 mil maços de cigarros são apreendidos pela PRF em rodovias

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) apreendeu na terça-feira (17) 800 mil maços de cigarros contrabandeados em dois caminhões que trafegavam por rodovias federais catarinenses. Somente em 2018, já foram apreendidos 12,5 milhões de maços de cigarros, informou a corporação.

A primeira ocorrência da terça foi por volta das 7h na BR-282 em Ponte Serrada, com apreensão de 450 mil maços. A segunda apreensão foi por volta das 18h, na BR-163 em Guaraciaba, onde foram encontrados 350 mil maços.

Ponte Serrada
Segundo a PRF, o motorista do caminhão com 450 mil maços fez uma ultrapassagem proibida e não obedeceu a solicitação de parada da PRF.

O condutor tem 50 anos estava em uma Scania com placas de Arapongas (PR). Ele disse que buscou a carga no Paraná e a levaria até o Rio Grande do Sul.

O condutor foi encaminhado para a Polícia Federal de Chapecó e deverá responder pelo crime de contrabando. O veículo com a carga foi levado para a Receita Federal de Joaçaba.

Guaraciaba
Já em Guaraciaba, o veículo foi abordado e o motorista afirmou que transportava milho. Entretanto, quando os policiais pediram para levantar a lona da carreta, ele confirmou a carga de cigarros misturada nos grãos.

Assim, foram achadas 700 caixas, o que equivale a 350 mil maços. O motorista de 53 anos estava em um caminhão Iveco com placas de Marcelândia (MT) acoplado a dois semi-reboques de Pinto Bandeira (RS).

O condutor disse que a carga era paraguaia, carregada em Mato Grosso e com entrega prevista no Rio Grande do Sul.

O motorista foi detido e conduzido à Polícia Federal de Dionísio Cerqueira. Ele deverá responder por contrabando.

Reprodução: G1

RR: Moradores protestam em Pacaraima e fecham rodovia na fronteira entre Brasil e Venezuela

Moradores de Pacaraima, no Norte de Roraima, protestam nesta quinta-feira (19) em razão do intenso fluxo de imigrantes venezuelanos na cidade, que faz fronteira com o país.

Segundo a Polícia Rodoviária Federal (PRF), a manifestação é pacífica e bloqueou o Km 719 da BR-174, que liga Brasil e Venezuela. Houve uma negociação entre os moradores e a PRF e o tráfego é liberado a cada 20 minutos.

Com cartazes nas mãos, os moradores pedem ajuda ao Governo Federal. Eles cobram atenção para Saúde, Educação e Segurança da cidade, setores que, segundo eles, são gravemente afetados pela imigração venezuelana.

O ato começou às 9h (horário local), conforme um morador.

Ainda segundo a polícia, uma equipe foi enviada para monitorar e negociar a total liberação da rodovia. A PRF estima que 100 pessoas participam do ato.

Visita de ministro
Nesta quinta, o ministro da Justiça Torquato Jardim visita a cidade para acompanhar as ações da operação Acolhida, que cuida do fluxo de imigrantes no estado.

Ele estará acompanhado de representantes da Casa Civil e ministérios da Saúde, Defesa e Desenvolvimento Social e visitará o Centro Pastoral para Migrantes (CEPAMI), o abrigo para índios venezuelanos e as obras de construção do abrigo BV 8.

Reprodução: Rede Amazônica Roraima

GO: PFR faz simulação com motoristas sem cinto de segurança

Motoristas e passageiros flagrados sem o cinto de segurança em Goiás estão sendo convidados a passar por uma experiência de impacto.

É uma espécie de escorregador para adultos poderem conferir a importância do uso do cinto de segurança em uma batida. “A gente que está no trânsito todos os dias, nunca imaginava que uma pancada, como diz, é pequena, mas o impulso…”, diz o motorista Calebe Alves. “Realmente é impressionante. Dá a impressão que parece que vai sair de dentro”, afirma o padeiro Guilherme Henrique.

A ideia passou a ser usada em cursos de segurança no trânsito no país. Também serviu de alerta para motoristas e passageiros flagrados sem o cinto em uma fiscalização da Polícia Rodoviária Federal.

Segundo especialistas em trânsito, o motorista tem a impressão de que a velocidade é maior.

“Uns 60 a 80 km/h. Acho que sim”, disse o comerciante Eudemar Amancio da Silva antes de ser informado que, na verdade, estava a 7km/h.

Mesmo em baixa velocidade, sem o cinto, os ocupantes podem se machucar. “A 20km/h, nosso corpo chega a pesar, aproximadamente, 800 quilos. Imagina acima disso”, afirma o policial da PRF Walisson Fuigueiredo.

No teste, os motoristas também recebem orientação sobre o uso correto do cinto de segurança. Não usar o cinto de segurança é a terceira infração de trânsito mais comum no Brasil. De janeiro a junho de 2018 foram aplicadas mais de 1,5 milhão de multas. São Paulo é o estado campeão no ranking da falta de cinto, depois vem Minas Gerais e Santa Catarina.

“Basta um passageiro não usar o cinto de segurança que ele estará colocando em risco os demais ocupantes do veículo”, diz Walisson Fuigueiredo.

Um estudo da Associação Brasileira de Medicina de Tráfego mostrou que o uso do dispositivo reduz em 45% o risco de morte para quem está no banco da frente, e 75% para quem está no banco de trás.

A Greycielly, que foi parada em uma blitz por falta da cadeirinha do bebê, disse que o teste mudou o conceito que ela tinha sobre segurança dentro do carro. “Nunca mais andar sem cinto as meninas na cadeirinha. É muito importante. Gente, vocês não estão entendendo o que é isso aqui”, diz a manicure Greycielly Antunes após o teste.

Reprodução: Jornal Nacional

PRF apreende 13 vezes mais cocaína nas estradas federais do RJ em comparação ao ano passado

As apreensões de armas e drogas dispararam nas rodovias federais do Estado do Rio de Janeiro no primeiro semestre. De janeiro a julho deste ano, a quantidade de maconha foi quase oito vezes maior e a de cocaína aumentou em mais de dez vezes em comparação com o ano passado. Os dados são da Polícia Rodoviária Federal.

Nos seis primeiros meses do ano passado, a PRF apreendeu uma tonelada de maconha. Este ano, foram 8,5 toneladas. Isto significa um aumento de 750%. Em relação a cocaína, no mesmo período do ano passado foram apreendidos 28 quilos do entorpecente. Este ano foram 371 quilos, um aumento de 1.225%.

Os aumentos também foram registrados nos casos de apreensões de armamentos. Foram 62 apreensões realizadas pela corporação no primeiro semestre do ano passado, enquanto foram 199 este ano. Um aumento de 220%.

De acordo com o porta-voz da PRF, José Hélio Macedo, o aumento das apreensões coincidiram com um reforço no efetivo para o combate ao roubo de carga, a partir de julho do ano passado. Foram mais 380 policiais patrulhando as rodovias do Estado do Rio de Janeiro.

“Tem também a questão de aumentar as equipes táticas e especializadas como o canil, as operações aéreas, e também investimentos no setor de inteligência. Intensificamos também as ações integradas, principalmente no setor de armas, com a Desarme [Delegacia Especializada em Armas, Munições e Explosivos] da Polícia Civil, assim como fizemos apreensões de drogas em parceria com a Polícia Federal, além da PM no dia a dia”, destacou José Hélio.

Um dos exemplos desta parceria foi a apreensão de mais de mil munições de fuzil com um casal na Rodovia Washington Luís, no mês passado. Em parceria com a Desarme, os agentes encontraram dez caixas com munições de calibre 7.62 e 18 caixas de calibre 5.56. Cada caixa continha 50 munições cada, totalizando 1.400.

O motorista confessou que recebeu R$ 1,5 mil para entregar a carga no Complexo do Alemão.

Segundo José Hélio, o efetivo da PRF no Rio de Janeiro ainda não pode ser considerado numeroso. “O nosso efetivo não é grande mas, quanto mais policiais tivermos melhor o resultado. Mesmo com pouco conseguimos fazer o nosso trabalho”.

Há dez dias, a Polícia Rodoviária Federal realizou a apreensão de 200 kg de pasta-base de cocaína e de 80 kg de skunk no tanque de combustível de um caminhão na Rodovia Washington Luís, na Baixada Fluminense.

Fonte: G1

CE: PRF apreende carregamento ilegal de madeira no Ceará

A Polícia Rodoviária Federal no Ceará (PRF-CE) apreendeu, neste domingo (15), um carregamento irregular de madeira no km 221 da BR 222, em Sobral, Região Norte do Ceará.

De acordo com a PRF, a carga transportada era de 25 metros cúbicos de madeira de reflorestamentom, das espécies faveira e sumaúma vermelha. Os policiais constataram que o carregamento estava sem as documentações exigidas para transporte.

A PRF constatou que a maderia era de áreas de reflorestamento localizadas no município de Goianésia do Pará, e que a carga estava além do permitido. Ainda segundo os policiais, a empresa responsável pelo produto não possuía Cadastro de Técnico Federal do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama).

O condutor foi autuado em um termo circunstanciado de ocorrência por crime ambiental. Ele foi encaminhado para a Delegacia de Sobral e, em seguida, foi liberado.

Fonte: G1

RS: PRF apreende mais de 100kg de maconha escondida em carro roubado na BR-158

Na manhã deste domingo (15), na BR-158, em Santa Maria, a Polícia Rodoviária Federal (PRF) apreendeu 110 kg de maconha que estavam escondidos em um carro. O veículo havia sido roubado no ano passado em Pernambuco, e tinha os identificadores adulterados.

O condutor, de 49 anos, e a passageira, de 21, são paraguaios e apresentaram identidades argentinas falsas aos policiais. Eles foram encaminhados à Polícia Federal para o registro do flagrante por tráfico internacional de drogas, receptação e adulteração dos identificadores do veículo.

De acordo com a polícia, foi o segundo caso de carro roubado carregado com drogas apreendido em Santa Maria em menos de 10 dias. Somente nesta semana, a PRF apreendeu mais de 1,7 tonelada de maconha nas rodovias gaúchas.

Fonte: G1

RJ: Sistema do ‘Sinal da PRF’ possibilita recuperação do primeiro carro na região

Agentes da Polícia Rodoviária Federal (PRF) recuperaram, hoje, por volta das 4h40min, outro veículo furtado, em ocorrência no Km 268, na Via Dutra. Ontem pela manhã, a equipe já havia recuperado um outro automóvel na rodovia; sendo este no Km 280. Este foi o primeiro veículo recuperado através do Sinal (Sistema Nacional de Alarmes) da PRF no Sul Fluminense.

De acordo com os policiais, o auto de recuperação aconteceu na altura de Barra Mansa, quando a equipe constatou que o Gm/Corsa era produto de furto. O fato ainda não havia sido registrado na 89ª Delegacia de Polícia, mas o proprietário do carro, na noite anterior, quando teve o bem furtado, registro o fato no sistema Sinal da PRF (https://www.prf.gov.br/sinal).

Segundo a PRF, o carro havia sido furtado por volta das 19h30min da noite de ontem, em Resende.

Os agentes fizeram contato com a 89ª DP para comunicar o fato, sendo este, de auto recuperação, registrado; e em seguida, o dono do carro foi localizado para reaver o veículo.

OUTRO CARRO RECUPERADO
Agentes da Polícia Rodoviária Federal recuperaram ontem pela manhã, por volta das 11 horas, um veículo que havia sido furtado em Volta Redonda. O automóvel, um VW/Gol, foi localizado no Km 280 da Via Dutra, em Barra Mansa.

Segundo informações da PRF, eles foram informados sobre o carro por meio da CRR NovaDutra, concessionária que administra a rodovia. Após localizarem o veículo, foi verificado que o mesmo havia sido furtado na cidade vizinha na terça-feira, dia 10.

A ocorrência foi encaminhada para a 93ª Delegacia de Polícia de Volta Redonda para lavratura do Auto de Recuperação do veículo.

Fonte: A Voz da Cidade

PR: PRF encontra carga de telefones celulares em fundo falso de caminhão

Policiais rodoviários federais encontraram uma carga de telefones celulares contrabandeados do Paraguai escondidos em um fundo falso no assoalho de um caminhão-baú.

O flagrante foi feito na noite de segunda-feira (9) durante abordagem no posto de fiscalização da BR-277 em Céu Azul, no oeste do Paraná.

Aos policiais, o motorista, de 41 anos, disse que seguiria até Limeira (SP).

O veículo, o condutor e a carga foram encaminhados para a Alfândega da Receita Federal em Foz do Iguaçu. O suspeito deve responder pelo crime de descaminho.

A PRF informou que a mercadoria apreendida deve ser contabilizada durante a semana.

Reprodução: G1

RJ: PRF prende foragido da Justiça na BR-101, em Campos

Agentes da Polícia Rodoviária Federal (PRF) prenderam um homem foragido da Justiça na madrugada desta terça-feira (10) durante uma blitz na BR-101, em Campos dos Goytacazes, no Norte Fluminense. Segundo a PRF, o homem estava com um mandado de prisão em aberto pelo crime de roubo.

Ainda de acordo com a PRF, o homem estava em um ônibus fretado que tinha como destino São Paulo. Os policiais revistaram o veículo e foi verificado em consulta nos sistemas de segurança que um dos passageiros possuía um mandado de prisão em aberto por um roubo ocorrido em 2012.

O homem foi encaminhado para a 134ª Delegacia Legal do Centro de Campos.

Reprodução: G1

PRF registra queda de 31% em mortes nas estradas do Paraná

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) registrou 228 mortes em acidentes de trânsito durante o primeiro semestre deste ano nas rodovias federais do Paraná. O número é 31,9% menor que o registrado durante o mesmo período de 2017, quando 335 pessoas morreram.

O total de feridos também teve queda e passou de 4.767 para 4.037 – 15,3% a menos. E o número de acidentes atendidos caiu 24,4%, de 5.415 para 4.092. Os dados foram divulgados pela PRF na manhã desta terça-feira (10).

As cinco principais causas presumíveis dos acidentes que resultaram em mortes foram, falta de atenção do condutor (25% das mortes); falta de atenção do pedestre (20,2%); velocidade incompatível (16,7%); desobediência às normas de trânsito (14%); e ingestão de bebidas alcoólicas (4,8%).

Mais da metade das mortes ocorreram em colisões frontais (26,8%) ou em atropelamentos (25,4%).

A maioria das pessoas perdeu a vida em ocorrências registradas pela PRF com pista seca e em trechos de reta. Homens correspondem a 82,6% dos óbitos.

Trechos de pista simples responderam por 54,8% das mortes.

Somados, o período noturno, o amanhecer e o anoitecer concentraram 64,5% dos óbitos. Os demais 35,5% ocorreram em situação de pleno dia.

Cerca de 42% das vítimas mortas tinham entre 21 e 40 anos de idade. Crianças menores de 11 anos representaram 1,8% dos falecimentos.

Do total de pessoas mortas, 14,5% estavam em motocicletas e 8,3%, em bicicletas. Outros 25% eram pedestres. Somados, pedestres, motociclistas e ciclistas foram 47,8% dos mortos.

Entre janeiro e junho deste ano, as equipes da PRF flagraram 1.820 motoristas dirigindo sob efeito de bebidas alcoólicas; 11.211 manobras irregulares de ultrapassagem; e 115.648 veículos acima da velocidade máxima permitida.

Reprodução: TNOnline