Operação contra roubo de carga e receptação ocorre em seis estados

Por
|

Foto: Divulgação PRF

Uma operação contra roubo de carga e receptação é realizada em seis estados na manhã desta sexta-feira (9) - Alagoas, Bahia, Goiás, Mato Grosso, São Paulo e Sergipe. Mais de 300 policiais estão cumprindo 84 ordens judiciais expedidas pela Justiça de Sergipe, sendo 28 mandados de prisão preventiva, 7 de prisão temporária e 49 de busca e apreensão nos seis estados. O prejuízo estimado pode passar dos R$ 15 milhões. Até as 7h50 (hora local), 22 pessoas já haviam sido presas. Houve troca de tiros nesta madrugada quando um dos suspeitos tentava roubar um veículo na região do município de Santo Amaro das Brotas (SE).

São cumpridos mandados de prisão e de busca e apreensão em Aracaju, Cristinápolis, Itabaianinha, Umbaúba, Boquim, Nossa Senhora do Socorro, Estância e Tobias Barreto em Sergipe. A ‘Operação Canto da Sereia’ também acontece em Euclides da Cunha e Caldas do Jorro (Bahia), Porto Calvo (Alagoas), Taubaté (São Paulo), Rondonópolis (Mato Grosso) e Aparecida de Goiânia (Goiás).

De acordo com informações da Polícia Federal (PF) e da Polícia Rodoviária Federal (PRF), os criminosos aliciavam motoristas para que entregassem cargas de interesse da quadrilha. A investigação apontou ainda que, em alguns casos, os próprios motoristas ofereciam as mercadorias aos aliciadores.

A polícia explicou ainda que após a negociação, o motorista registrava ocorrência policial como roubo em outro estado para dificultar a investigação. A organização criminosa oferecia a logística para transportar, esconder e repassar a carga roubada com receptadores que revendiam os produtos em estabelecimentos comerciais.

Os presos em Sergipe serão encaminhados para a sede da Polícia Federal em Aracaju para prestarem depoimento e depois serão encaminhados para o Complexo Penitenciário Doutor Manoel Carvalho Neto (Copemcan), em São Cristóvão.

Os autores do crime deverão ser indiciados pelos crimes de lavagem de dinheiro, corrupção ativa e passiva, fraude à licitação, falsa comunicação de crime e de formação de organização criminosa. As penas culminadas podem superar 700 anos de prisão.

O nome da operação foi escolhido em representação à lenda do canto da sereia, em referência ao aliciamento que é feito pela quadrilha aos motoristas de transporte de cargas. Eles ficariam encantados com a oferta criminosa.

A operação desta sexta-feira é um desdobramento da ’Operação Subida da Torre’, ação conjunta da PF e PRF em dezembro de 2015. Desde então, os criminosos vinham agindo diferente e ao invés de utilizarem violência convenciam os motoristas a entregarem as mercadorias. A polícia identificou que, apesar da redução do roubo de cargas, desvios continuavam acontecendo nas BRs 101,116 e 316 nas divisas de Sergipe, Bahia, Alagoas e Pernambuco.

Fonte: G1

Notícias Relacionadas:

  1. MS: Gaeco e PRF fazem operação contra contrabando e roubo em MS
  2. MT: Polícia prende homem procurado por homicídio e roubo em 5 estados
  3. RR: PRF prende casal suspeito de roubo e receptação
  4. PR: Último integrante de uma quadrilha de roubo de carga é preso em Maringá
  5. Polícia Federal faz operação contra tráfico de drogas em quatro estados