PI: PRF identifica 37 condutores embriagados

Por
|

Foto: Divulgação PRF

Em três dias de curso da Operação Proclamação da República, realizada pela Polícia Rodoviária Federal, já foram fiscalizadas mais de 2 mil pessoas. Foram registrados 11 acidentes, com um óbito, 13 pessoas presas, 37 condutores dirigindo sob efeito de álcool, dentre outras infrações.

O óbito ocorreu à meia noite do domingo (13) no quilômetro 517 da BR-343, trecho da cidade de Floriano, decorrente de um atropelamento de animal. A PRF faz um alerta para as constantes infrações provocadas pelo mau comportamento dos condutores.

“Nós temos uma repetição do comportamento dos motoristas. Houve um trabalho intenso da PRF na quantidade de pessoas fiscalizadas e veículos retidos, que já foram registradas 52. Em apenas três dias já são 37 flagrantes de pessoas dirigindo sob efeito de álcool no Piauí”, destacou o inspetor Fabrício Loiola.

Foram fiscalizados 2.671 condutores, 1.482 veículos, gerando 1.095 autuações. Destas, 13 pessoas foram presas e 77 cometeram ultrapassagens proibidas. Por excesso de velocidade, a PRF identificou 217 condutores desrespeitando às leis de trânsito nas rodovias federais que cortam o Piauí.

O inspetor Fabrício Loila chama atenção ainda para o número significativo de flagrante de condutores e passageiros sem o uso de capacetes, sobretudo nas cidades do interior do estado. Foram registradas nessa operação 70 flagrantes. “É uma infração gravíssima, com 7 pontos na carteira e multa de R$ 293,74 e, mesmo assim, as pessoas ainda insistem”, pontuou o inspetor.

Para evitar maiores infrações e acidentes, a Polícia Rodoviária Federal solicita que os condutores programem seus retornos durante o feriado. “A PRF faz um apelo para que as pessoas programem o seu retorno, evitem acidentes e que possam dirigir com calma”, arrematou o inspetor Fabrício Loiola.

A Operação Proclamação da República iniciou na sexta-feira (11) e segue até o final da terça-feira (15).

Fonte: G1

Não há notícias relacionadas.