PRF Marzio, vítima de ação de bandidos, falece em Brasília

Por
|

O PRF Marzio Deon Resende, vítima de uma tentativa de assalto no Rio de Janeiro em agosto do ano passado, morreu na última segunda-feira (10). O policial estava internado na UTI do Hospital Home, em Brasília.

O caso ocorreu em 13 de agosto de 2016, por volta das 6h30 na saída da rodovia Washington Luiz (BR-040). O PRF foi baleado enquanto voltava para o local de sua hospedagem no Rio de Janeiro, após ter saído de um plantão, e foi removido em estado grave para o hospital com traumas na cervical, tórax e abdômen. Nos últimos meses, Marzio havia tido melhoras na condição de saúde.

À época do crime, Marzio Resende estava na cidade do Rio de Janeiro participando das operações referentes às Olimpíadas 2016, realizadas na Capital Fluminense.

Marzio Deon Resende tinha 56 anos de idade e entrou na Polícia Rodoviária Federal na turma de 1994. O PRF, natural de Brasília, estava lotado no estado do Amazonas e sempre foi exemplo de um bom policial e amigo fiel. Marzio deixou esposa e um casal de filhos

A FenaPRF e os SinPRFs se consternam com a perda de mais um amigo e colega de trabalho que prestava um serviço de excelência ao nosso país.

 


A reprodução desta notícia é autorizada desde que contenha a assinatura ‘Agência FenaPRF’

Notícias Relacionadas:

  1. PRF Marzio apresenta melhoras e já respira sem aparelhos
  2. PRF perde o Guardião da BR-2, Rubem Pires falece
  3. PRF Fernando Pires falece na Paraíba
  4. Entidades dizem temer ação de bandidos com divulgação de salários
  5. ES: Polícial Rodoviário Federal é a segunda vítima fatal de acidente na BR-101, em Bebedouro