PRF recolheu mais de 4 mil animais em rodovias que cortam Sergipe em 2016

Por
|

A Polícia Rodoviária Federal (PRF), em conversa com a equipe do Portal Itnet, divulgou números sobre a apreensão de animais em rodovias federais que cortam Sergipe. No ano de 2016, a PRF recolheu mais de 4 mil animais; nos dois primeiros meses de 2017, cerca de 600 foram recolhidos. A presença de animais nas pistas, é muitas vezes causa de acidentes, e é um perigo que pode até ocasionar uma fatalidade. Em 2016, 33 acidentes ocorreram por envolvimento de animais, onde seis pessoas ficaram gravemente feridas.

Flávio Vasconcelos, diretor da PRF

De acordo com Flávio Vasconcelos, diretor da PRF, as rodovias com maior presença de animais soltos são rodovias da capital Aracaju, Areia Branca, Estância e Itabaiana. “A maior dificuldade da Polícia é a falta de conscientização por parte dos proprietários, que quando identificados são encaminhados ao Ministério Público, onde respondem pelos crimes de ajustamento de conduta, abandono do animal e perigo de dano”, afirma o assessor.
Os animais apreendidos são encaminhados aos pátios da PRF nos municípios de Estância e Nossa Senhora do Socorro. Ainda segundo o assessor, no ano passado, cerca de 90 boletins foram registrados sobre acidentes envolvendo a presença de animais na pista.

Fonte: ItNet – Portal

Notícias Relacionadas:

  1. SE: Trabalho de captura de animais da PRF ajuda a reduzir acidentes nas rodovias federais do estado
  2. MA: Polícia Rodoviária Federal recolhe animais soltos nas rodovias
  3. MG: Acidentes com animais aumentam 10% nas rodovias que cortam Uberaba
  4. PB: PRF recolhe animais soltos em rodovias do Estado
  5. PI: Em dez dias de operação PRF recolhe 209 animais soltos nas rodovias