RO: Família encontra norte-americano com ajuda de PRFs

Por
|

Um norte-americano de 38 anos, confuso, sem saber falar português ou dizer ao certo seu nome, colocou sua vida em risco ao caminhar em meio aos veículos que transitavam na BR-364, em Ji-Paraná/RO. Detido pelos agentes da Polícia Rodoviária Federal (PRF) ele foi hospitalizado em Porto Velho/RO, onde fugiu seguindo rumo a Manaus/AM.

Na tarde do dia 28 de novembro de 2016, a equipe da PRF foi acionada por populares para conter um indivíduo, que visivelmente transtornado e proferindo palavras desconexas e xingamentos, estava colocando sua vida em risco na rodovia. A equipe de plantão da PRF constatou o comportamento anormal do andarilho e o deteve encaminhando-o a Polícia Federal em virtude do mesmo dizer ser canadense, não portar documentos e não falar português. O canadense não soube dizer seu sobrenome ou de onde vinha, apenas chamar-se Anton. Diante do seu estado o canadense foi encaminhado para o Hospital local e de lá encaminhado ao Hospital de Base em Porto Velho/RO.

Porém, no dia 13 de dezembro de 2016, os agentes da PRF tiveram a informação que o estrangeiro teria sido visto na BR-230, em Humaitá/AM se dirigindo rumo a Manaus/AM.

Sensibilizados com o estado de vulnerabilidade que o homem apresentava, os PRFs entraram em contato com a Embaixada Canadense repassando o primeiro nome, as características físicas e a foto dele na esperança de que talvez familiares estivessem a sua procura ou pudesse ser identificado em algum grupo de desaparecidos naquele País. Em tempo, foi repassado também aos colegas PRFs de Manaus a informação do andarilho para o caso de ele chegar a Manaus/AM.

A Embaixada Canadense informou a PRF que se tratava de Anton Y. Pilipa, 38 anos de idade, dado como desaparecido desde 2012. E, no início da tarde da última terça-feira (3), os agentes da PRF, avistaram o canadense em Manaus, próximo a bola da Suframa, aparentando bastante desorientado, confuso e falando palavras desconexas. Sabendo agora que se tratava de um estrangeiro desaparecido a equipe de pronto encaminhou a ocorrência para a Polícia Federal para que fosse encaminhado à embaixada canadense e recebesse a assistência devida.

O irmão do Canadense ao receber notícias de que seu familiar havia sido encontrado e que estava sendo medicado, entrou em contato com a PRF em Ji Paraná/RO, agradecendo imensamente o apoio e o empenho de ajudar dos PRFs. Anton, segundo o seu irmão, se dedicava a prestar assistência a pessoas pobres antes de ficar doente. O seu irmão ressaltou, que nos últimos anos chorava, literalmente, o desaparecimento de seu querido irmão. Agora ele virá ao Brasil para reencontrar Anton, que há muito tempo não tinha notícias.

Diante dos fatos, a PRF fica feliz por poder de alguma forma participar de mais uma história com final feliz. Finalmente o homem de 38 anos, que vagava em situação de risco, pelas estradas do Brasil, há quase 5 anos, poderá estar com os seus, recebendo os cuidados dos quais necessita.

Fonte: Diário da Amazônia

Notícias Relacionadas:

  1. Estudo Norte-Americano revela que policiais sofrem com distúrbios de sono
  2. PA: PRF captura foragido da penitenciária de Americano na BR-316
  3. RJ: Carro que levava família de 16 pessoas é apreendido por PRFs na Dutra
  4. RJ: PRFs prendem homem acusado de chefiar tráfico em favela da Zona Norte do Rio
  5. PRFs das regiões Norte e Nordeste disputam medalhas em Salvador