SINPRF/PI e Grupo Elo Saúde se reúnem para discutir aumentos nos planos de saúde

Por
|

Representante do Grupo Elo prestando esclarecimentos aos filiados do SINPRF/PI.

No dia 17 de abril, o Sindicato dos Policiais Rodoviários Federais no Estado do Piauí (SINPRF/PI) se reuniu com representantes do Grupo Elo de Saúde e com a Coordenadoria de Políticas Sociais da Federação Nacional dos Policiais Rodoviários Federais (FenaPRF), para debaterem a respeito do aumento nos planos de saúde oferecidos pelo programa FenaPRFSaúde.

O encontro foi realizado em Teresina/PI e a intenção foi a de esclarecer como funcionam os planos de saúde, seus respectivos valores, e quais são os produtos e operadoras que integram o programa FenaPRFSaúde. Também foi explicado aos filiados, de acordo com seu núcleo familiar, qual o plano mais adequado para sua faixa salarial ou renda familiar.

Em breve, a Coordenadoria de Políticas Sociais estará divulgando no site da FenaPRF seu calendário de visitação, em conjunto com representantes do Grupo Elo Saúde, aos demais Sindicatos estaduais que representam a categoria profissional dos policiais rodoviários federais em todo o país.

Um carta do Grupo Elo foi enviada para todos os Sindicatos informando a nova tabela de preços e que os planos de saúde são reajustados anualmente com o objetivo de manter o equilíbrio contratual e que para cálculo do percentual de aumento leva-se em conta o período de 12 meses consecutivos, considerando-se a variação do custo médico hospitalar, a inadimplência dos pagamentos dos beneficiários não consignados e a utilização médica para o período.


A reprodução desta notícia é autorizada desde que contenha a assinatura ‘Agência FenaPRF’

Notícias Relacionadas:

  1. Coordenadoria de Políticas Socias esclarece sobre os reajustes nos planos de saúde
  2. Planos de saúde devem mudar contrato para médico cobrar adicional por parto, determina ANS
  3. Planos de saúde começam a emitir cartão SUS a clientes
  4. ANS suspende venda de 301 planos de saúde em todo o país
  5. Justiça determina o pagamento de precatório a um grupo de PRFs aposentados do SINPRF/ES