Tuitaço contra o fim da aposentadoria para atividades de risco

Por
|

Entidades policiais de todo o país, que integram a União dos Policiais do Brasil (UPB), promoverão um tuitaço na próxima sexta-feira (3), com a hashtag #AposentadoriaPolicial, em protesto ao texto da PEC 287/2016. O projeto de Reforma da Previdência exclui da Constituição Federal o artigo que reconhece a atividade de risco dos profissionais de segurança pública nos critérios de concessão da aposentadoria.

O objetivo da ação é mobilizar a sociedade para o Dia Nacional em Defesa da Aposentadoria Policial, marcado para 8 de fevereiro, às 13h30, em frente ao Congresso Nacional, em Brasília (DF).

Para participar do Tuitaço, basta usar no Twitter a hashtag #AposentadoriaPolicial. As postagens podem ser realizadas durante todo o dia 3 de fevereiro, mas devem ser intensificadas entre às 18h55 e 19h05, quando todas as categorias policiais estarão mobilizadas para a ação.

Quem não tem conta no Twitter pode apoiar a causa compartilhando o material de divulgação da campanha que está disponível na página oficial no Facebook.

Entenda
Segundo as regras propostas pela Reforma da Previdência, para se aposentar o policial deve ter no mínimo 65 anos de idade e 25 anos de contribuição. A aposentadoria compulsória será só aos 75 anos. Assim, o servidor se aposentaria com idade maior que a expectativa de vida do policial no Brasil que é de 60 anos.

A medida pode agravar a crise no âmbito da segurança pública enfrentada pelo País. Para lideranças dessas categorias, a tentativa do governo de dar seguimento à PEC, com o atual cenário de violência do país, é inadmissível.

Para lutar contra a reforma da Previdência Social, que ignora a importância do policial e põe em risco a segurança da população, 28 (vinte oito) entidades representativas de categorias da segurança pública constituíram a União dos Policiais do Brasil (UPB).

Integram a União dos Policiais do Brasil – UPB:

ABC – Associação Brasileira de Criminalística
ABRAPOL – Associação Brasileira dos Papiloscopistas Policiais Federais
ABPFF – Associação Brasileira dos Policiais Ferroviários Federais
ADEPOL BRASIL – Associação Nacional dos Delegados Policias Civis
ADPF – Associação Nacional dos Delegados de Polícia Federal
AGTBRASIL- Associação dos Agentes de Trânsito do Brasil
AMPOL – Associação Nacional das Mulheres Policiais
ANEPF – Associação Nacional dos Escrivães Polícia Federal
ANSEF – Associação Nacional dos Servidores da Polícia Federal
APCF – Associação Nacional dos Peritos Criminais Federais
APCN – Associação das Polícias do Congresso Nacional
CENTRAPOL – Central Única Nacional dos Policiais Federais
COBRAPOL – Confederações Brasileiras dos Policiais Civis dos Estados
CONASSE – Conselho Nacional de Entidades Representativas de Servidores e Trabalhadores do Sistema Socioeducativo
CONGM – Conferência Nacional das Guardas Municipais
FEBRASP – Federação Brasileira dos Servidores Penitenciários
FENADEPOL – Federação Nacional dos Delegados de Polícia Federal
FENAGUARDAS – Federação Nacional dos Sindicatos de Guardas Civis
FENAPEF – Federação Nacional dos Policiais Federais
FENAPPI – Federação dos Peritos em Papiloscopistas e Identificação
FENAPRF – Federação Nacional dos Policiais Rodoviários Federais
FENASPEN – Federação Nacional dos Servidores Penitenciários
FENDEPOL – Federação Nacional Sindicatos Delegados Polícias Civis
OPB – Ordem dos Policiais do Brasil
SINDEPO/DF – Sindicato dos Delegados de Polícia do DF
SINDEPOL/DF Sindicato dos Delegados de Polícia Federal no DF
SINDIPOL/DF – Sindicato dos Policiais Federais do DF
SINPOC/DF – Sindicato dos Peritos Oficiais Criminais do DF
SINPOL/DF – Sindicato dos Policiais Civis do DF
UNIPOL – União dos Policiais Legislativos

Notícias Relacionadas:

  1. União dos Policiais do Brasil emite Nota Conjunta sobre mobilização em defesa da aposentadoria policial
  2. Confirmada reunião com o Ministro da Justiça
  3. Audiência debate aposentadoria especial para quem exerce atividade de risco
  4. Entidades se reúnem com ministério da Previdência pela manutenção da aposentadoria especial
  5. União dos Policiais Brasileiros define dia nacional de luta