Anistia Internacional pede respeito à manifestação pacífica na Copa