Author Archive:

AC:PRF prende sul-africano com 3 kg de cocaína durante abordagem a ônibus

Um sul-africano, de 47 anos, foi preso na noite de quarta-feira (30), transportando três quilos de cocaína na bagagem. O veículo foi abordado pela Polícia Rodoviária Federal (PRF) no km 237 da BR-317, no posto policial do município de Xapuri, interior do Acre.

Conforme a PRF, os policiais pararam o ônibus que seguia de Brasileia e tinha como destino final a capital Rio Branco. Durante a abordagem, o passageiro mostrou nervosismo, o que levantou suspeitas. A identidade mostrou que o homem era sul-africano e tinha iniciado a viagem na cidade de Cobija, na Bolívia.

Após testes, foi constatado que a droga, que estava dividida em três pacotes, era cocaína. O homem recebeu voz de prisão e foi encaminhado para a Polícia Federal em Epitaciolândia.

Fonte: G1

SE: PRF flagra 44 toneladas em excesso de carga em caminhões

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) divulgou nesta quinta-feira (31) que flagrou, em apenas um dia de fiscalização, o total de 44 toneladas de excesso de carga distribuídas em cinco caminhões.

Todos os condutores foram notificados e a soma das multas ultrapassa R$ 12 mil. A PRF ressaltou a importância do cumprimento à legislação de trânsito quanto aos riscos de transitar com excesso de peso.

“Além de reduzir consideravelmente a vida útil do pavimento, o veículo que trafega com excesso de peso tem alterada a sua capacidade de frenagem e vida útil dos pneus”, destacou em comunicado oficial.

Fonte: G1

PR: PRF apreende 1,4 mil frascos de medicamento estudado para o tratamento do câncer

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) apreendeu, nesta terça-feira (29), cerca de 1,4 mil frascos de fosfoetanolamina. Os remédios, que foram alvo de polêmica no Brasil, são estudados para o tratamento do câncer. As drogas eram transportadas em um carro que se envolveu em um acidente na BR-277, em Cascavel, no oeste do Paraná.

Segundo a PRF, logo após a batida, que aconteceu no Trevo Cataratas, a mulher, que dirigia o carro, fugiu do local. Policiais fizeram uma busca na região e a encontraram transferindo a carga para uma caminhonete, dirigida por outra mulher.

As cápsulas de fosfoetanolamina apreendidas foram fabricadas por um laboratório norte-americano, segundo as embalagens. Em fevereiro deste ano, a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) proibiu a comercialização da droga proveniente dessa empresa. De acordo com a PRF, as mulheres adquiriram os comprimidos no Paraguai.

Conforme a orientação da Anvisa, a empresa que produz o medicamento apreendido não tem registro no CNPJ, nem autorização de funcionamento no Brasil. A agência determinou a apreensão do produto em todo o território nacional.
O caso foi encaminhado para a Receita Federal. As duas mulheres devem responder em liberdade por crime contra a saúde pública. Se forem condenadas, podem pegar até 15 anos de prisão.

RJ: Número de roubos de carga nas estradas federais cai 52%, diz PRF

Os índices de roubos de cargas nas estradas federais que cortam o Rio de Janeiro diminuíram mais da metade em algumas rodovias. Segundo a Polícia Rodoviária Federal (PRF), a partir do início do segundo semestre deste ano, quando o reforço no patrulhamento das rodovias foi intensificado, os roubos começaram a diminuir: de 117 casos, em junho, para 37 roubos até a última sexta-feira (25/8).

Na Via Dutra, que liga o Rio de Janeiro a São Paulo, os roubos caíram 52%. Ainda segundo a PRF, entre 15 de junho e 14 de julho, foram 57 casos, enquanto no período entre 15 de julho e 17 de agosto foram 27 ocorrências.

Os números são os primeiros resultados da integração entre as Forças de Segurança estaduais e federais. Segundo dados da PRF, nos três últimos meses, o roubo de cargas diminuiu em todo o estado. De acordo com o ISP (Instituto de Segurança Pública), em maio, foram 1.239 casos, enquanto que em julho foram registrados 908 roubos de cargas.

O Governo do Estado lançou em julho o plano Carga Segura, para o Enfrentamento ao Roubo de Cargas, elaborado pela Secretaria de Segurança. O plano, que vai se estender até o fim de 2018, inclui um conjunto de ações envolvendo o Estado, com reforço e participação da Polícia Rodoviária Federal, Polícia Federal, além da integração com os ministérios da Justiça e da Defesa e do setor privado.

Atualmente, 1.220 agentes da Polícia Rodoviária Federal ajudam no policiamento ostensivo no Estado do Rio de Janeiro.

Fonte: Jornal Extra

Comissão prevê equipamento para detectar consumo de droga por motorista

A Comissão de Viação e Transportes aprovou, na última quarta-feira (16), proposta que altera o Código de Trânsito Brasileiro (Lei 9.503/97) para estabelecer que a fiscalização do consumo de substância psicoativa por motoristas será feita por meio de equipamento homologado, conforme regras do Conselho Nacional de Trânsito (Contran).

Foi aprovado um substitutivo do relator, deputado Hugo Leal (PSB-RJ), para o Projeto de Lei 317/15, do deputado Marco Antônio Cabral (PMDB-RJ). “Certamente estamos incentivando o investimento em pesquisa para a aprovação de alguns modelos dos chamados ‘drogômetros’, que já são usados em outros países, permitindo uma fiscalização mais efetiva”, disse Leal.

O projeto original pretendia alterar a chamada Lei Seca (11.705/08) para prever sanções ao condutor de veículo que dirigir não só sob a influência de álcool, mas também de substâncias psicotrópicas e entorpecentes.

O relator, no entanto, argumentou que o CTB já considera infração “dirigir sob a influência de álcool ou de qualquer outra substância psicoativa que determine dependência”, punindo o motorista com multa de R$ 2.934,70 e suspensão do direito de dirigir por 12 meses.

“Já temos um arcabouço legal e regulamentar que contempla os objetivos do projeto de lei”, disse. “Mas verificamos que ainda não temos uma fiscalização efetiva do consumo de substâncias psicoativas no trânsito como existe para o consumo de álcool”, acrescentou Leal.

Fonte: Agência Câmara

CNH Digital: novidade para motoristas já pode ser baixada no celular

Já pensou em nunca mais esquecer a CNH (Carteira Nacional de Habilitação) em sua casa? Pois o aplicativo CNH digital já pode ser baixado por motoristas em celulares Android. O novo formato do documento está disponível apenas em versão de demonstração

A novidade para condutores pode ser baixada na versão para testes em formato APK no sistema Android – você pode encontrar o processo detalhado da instalação no site do Governo. Futuramente, o app será disponibilizado para todos os usuários dos sistemas Android e iOS

O aplicativo em versão de demonstração é um avanço dos planos do Governo para implantar o documento em todo o país. A intenção é que a CNH-e, como é chamada, seja disponibilizada até 1º de fevereiro de 2018.

Segundo o Governo, o novo documento terá o mesmo valor jurídico da CNH física. A CNH-e será opcional e caberá ao condutor escolher se quer utilizar o aplicativo ou não. O usuário poderá fazê-la pelo smartphone, se tiver certificado digital, ou no Detran de seu Estado.

O app armazenará todas as informações do documento original, como foto e dados do motorista. Será possível ainda compartilhar o documento automaticamente para e-mail ou WhatsApp.

A carteira eletrônica será disponibilizada apenas a motoristas que tenham uma habilitação impressa com QR Code, aquele código escaneável que é popularmente usado para acessar o WhatsApp pelo computador.

Em caso de perda ou roubo do celular, será necessário fazer um bloqueio para impedir o uso do documento. Isso poderá ser feito pelo portal de serviços do Denatran (Departamento Nacional de Trânsito).

Fonte: UOL

MT: PRF e PF fazem ação e apreendem drogas em Rondonópolis

A Polícia Rodoviária Federal em conjunto com a Polícia Federal apreendeu no final da tarde desta segunda-feira (28) aproximadamente 13,5 quilos de substância aparentando ser maconha. O que chamou a atenção é que a droga foi descoberta por cães farejadores da raça Pastor Alemão, treinados para atender a PF.

Um dos cachorros identificou a droga que estava em uma bagagem pertencente a uma menor de idade, que acabou sendo apreendida, e viajava de ônibus. No começo do dia, um outro cão, já havia encontrado uma pequena quantidade de drogas no bolso de uma pessoa.

A menor, segundo a PRF, iria levar a droga para a cidade de Sinop, no Norte do Estado, e a mesma já teria sido pega transportando droga em outra oportunidade em Ponta Porã, em Mato Grosso do Sul.

A PRF e PF desde dezembro estão agindo em conjunto fazendo esse tipo de fiscalização nas estradas da região.

Fonte: Agora MT

ES: Mulher é presa pela PRF com arma escondida na cintura, em Itapemirim

Um casal foi preso pela Polícia Rodoviária Federal (PRF) por porte ilegal de arma de fogo na noite de domingo (27), na BR 101, na Safra, em Itapemirim.

Segundo a PRF, durante abordagem no Km 414 a um veículo Ford Ka, com placa de Nova Iguaçu, Rio de Janeiro, os ocupantes demostraram nervosismo após a solicitação dos documentos pessoais.

Na vistoria, os agentes encontraram um revólver calibre 22, com sete munições, na cintura da mulher. Ela e o companheiro foram encaminhados para a delegacia de Polícia Civil de Itapemirim para os procedimentos legais.

Fonte: Aqui Notícias

CE: Jovem desaparecido de Fortaleza é encontrado em Sobral pela PRF

Agentes da Polícia Rodoviária Federal (PRF) encontraram um jovem de 25 anos que estava desaparecido durante serviço de patrulhamento nas imediações do quilômetro 182 da BR-222, em Sobral, neste domingo (27).

Segundo a mãe do jovem, ele estava desaparecido desde o último dia 17, quando saiu para consulta médica e não retornou para casa.

Após conversa inicial com o homem, os policiais perceberam aparente desorientação. O jovem foi conduzido à Unidade de Operação da PRF em Sobral. No local, foi alimentado e forneceu dados que permitissem a confirmação da identidade e a localização de familiares.

O reencontro com a família aconteceu no mesmo dia.

GO: PRF autua carreta que transportava minério sem autorização na BR-414

Na tarde da última sexta-feira (25), uma carreta foi flagrada transportando 47.840 Kg de excesso de peso, além de outras irregularidades no transporte. A ação da Polícia Rodoviária Federal aconteceu na BR-414, entre Corumbá de Goiás e Anápolis.

Os policiais notaram que o veículo transitava em baixíssima velocidade, fato que chamou a atenção. Ao compararem o peso declarado na Nota Fiscal e na balança de pesagem, constataram um total de quase 50 toneladas em excesso, além dos produtos carregados não serem os declarados no documento fiscal.

Diante das evidências, a PRF acionou o Fisco Estadual e foram aplicadas multas por excesso de peso ao proprietário, transportador e embarcador. Eles poderão responder judicialmente se for constatado que a extração e o transporte do minério eram irregulares.

Fonte: Portal 730