Category: PRF em Ação

MA: PRF prende motorista embriagado envolvido em acidente na BR-010

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) prendeu na terça-feira (16) um motorista embriagado que se envolveu em um acidente na BR-010, no município de Imperatriz, a 626 km de São Luís.

Segundo a PRF, por volta das 18h10 ocorreu uma colisão traseira no Km 248,5 da BR-010, entre o Parque de Exposições e a rua de acesso ao Instituto Médico Legal (IML) de Imperatriz.

De acordo com os policiais rodoviários, um veículo de passeio de cor preta seguia no sentido decrescente da rodovia, de Imperatriz para Porto Franco, quando colidiu na traseira de um outro carro de passeio de cor prata, ocasionando apenas danos materiais.

Ambos os condutores foram submetidos ao teste do etilômetro, sendo acusado o índice de 0,62 mg/L para o condutor do veículo de cor preta, um homem de 37 anos que não teve a sua identidade revelada, que foi preso e encaminhado para o Plantão Central da Polícia Civil em Imperatriz.

Fonte: G1

PR: PRF apreende falso caminhão de refrigerantes carregado de cigarros contrabandeados

Um falso caminhão de refrigerantes foi apreendido pela Polícia Rodoviária Federal (PRF) em Ibiporã, no norte do Paraná, carregado de cigarros contrabandeados, neste sábado (13).

O caminhão foi parado por agentes da polícia na BR-369 em um procedimento de rotina.

Todo o compartimento de carga do caminhão estava carregado de caixas de cigarro. A PRF não informou quantas caixas foram apreendidas, pois o caminhão foi lacrado e encaminhado para a Receita Federal.

Segundo a PRF, o caminhão caracterizado com uma marca de bebidas era usado para contrabandear cigarros paraguaios.

Os agentes também verificaram que o veículo tinha R$ 50 mil em débitos por irregularidades.

O motorista foi preso em flagrante e encaminhado para a Delegacia da Polícia Federal de Londrina, no norte do estado.

A Coca-Cola informou que está apurando o assunto internamente.

Fonte: G1

Dois PRFs ficam feridos em confronto com marginais na Régis Bittencourt

Dois policiais rodoviários federais foram atingidos por disparos de fuzis durante confronto com marginais em Miracatu, município localizado à margem da rodovia Régis Bittencourt, em São Paulo. O fato aconteceu na manhã dessa terça-feira (9), quando a equipe da Polícia Rodoviária Federal (PRF) que estava em operação no quilômetro 352 daquela rodovia flagrou uma ação criminosa contra um caminhoneiro. Ao perceberem a aproximação dos policiais, os homens que estavam assaltando o autocarga abriram fogo contra a equipe da PRF. Um policial foi alvejado na perna e outro recebeu o tiro de raspão.

A PRF e Polícia Militar do Estado de São Paulo (PMESP) iniciaram imediatamente as buscas pelos assaltantes, onde foi empregado, inclusive, um helicóptero da PM. Ao serem encontrados escondidos em um restaurante à margem da rodovia, os criminosos, em um total de seis, foram cercados por policiais rodoviários federais e policiais militares. Foi nesse momento que os marginais fizeram nove clientes reféns. Após horas de negociações conduzidas pelo Grupo de Ações Táticas Especiais (GATE) da PM de São Paulo, os assaltantes acabaram se entregando e libertando os reféns. Nenhum refém saiu ferido. Quanto aos dois policiais atingidos, ambos passam bem.

Um levantamento preliminar feito em apenas oito estados do país, mostra que, só entre o período de janeiro de 2018 e o mês de julho deste ano, sete policiais rodoviários federais saíram feridos em confrontos com marginais. Em outubro do ano passado, na BR 101, na Paraíba, três agentes da PRF acabaram feridos após um confronto com um fugitivo que havia acabado de assassinar um policial militar. Já em dezembro do mesmo ano, um outro policial rodoviário federal acabou alvejado por um tiro durante uma tentativa de assalto a um ônibus, no estado do Tocantins.

Em fevereiro deste ano, um outro agente da PRF foi atingido por disparo de arma de fogo durante o atendimento de uma ocorrência de trânsito em Sergipe. Um dos envolvidos no acidente, sob o efeito de substância entorpecente, entrou em luta corporal com o policial e o atingiu com um disparo.Ocorrências como estas, onde policiais rodoviários federais trocam tiros com marginais são mais recorrentes do que boa parte da população brasileira imagina. No estado do Rio de Janeiro, por exemplo, confrontos como este de São Paulo acontecem quase que diariamente.

O total de policiais rodoviários federais feridos ou mortos em confrontos com marginais só é menor que o número de policiais vitimados por acidentes em viaturas, ou nos casos de atropelamentos. Como exemplo, só no estado do Paraná, quatro agentes da PRF foram atropelados durante o serviço no ano passado; desses, em dois casos ficaram configurados como tentativa de homicídio, haja vista que os condutores atropelaram os policiais de maneira proposital.

Reprodução: Agência PRF

PR: PRF apreende cocaína avaliada em mais de R$ 70 milhões

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) apreendeu 532,1 quilos de cocaína no final da tarde deste domingo (30) em Paranaguá, no litoral do Paraná.

A droga era transportada em um caminhão, abordado na BR-277, nas imediações da Unidade Operacional Alexandra. A cocaína estava em um compartimento oculto, sob o assoalho do caminhão, utilizado para o transporte de piche.

A cocaína estava dividida em 495 tabletes.

Na Europa, um quilo de cocaína pode valer cerca de 33 mil euros no atacado, o que equivale a R$ 144 mil. O montante apreendido pela PRF hoje em Paranaguá valeria cerca de R$ 76,7 milhões em um eventual destino no continente europeu.

O motorista, de 40 anos de idade, foi preso em flagrante. Aos policiais rodoviários federais, o homem disse que saiu de Osasco (SP) e entregaria o caminhão em Paranaguá. Também havia no veículo um tablete de 980 gramas de maconha.

A PRF encaminhou a ocorrência para a Delegacia da Polícia Federal em Paranaguá. O crime de tráfico de drogas tem pena prevista de cinco a 15 anos de prisão.

Fonte: Agência PRF

PE: PRF apreende oito toneladas de maconha em dois caminhões

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) e o Batalhão Integrado Especializado da Polícia Militar apreenderam no sábado, 22, dois caminhões que transportavam oito toneladas de maconha na BR-232, em São Caetano, no agreste de Pernambuco, a cerca de 150 km de Recife. Dois homens de 45 anos foram presos na ação. A PRF informou que é a maior apreensão de drogas já realizada em Pernambuco.

Os caminhões trafegavam juntos na rodovia quando foram abordados. Agentes solicitaram que os motoristas levassem os veículos até o posto de São Caetano, para checagem de documentação.

Durante o percurso, o motorista e o passageiro de um dos caminhões pularam do veículo em movimento. Os agentes conseguiram alcançar o motorista, mas o colega dele fugiu.

Com o apoio de cães farejadores, foi realizada uma vistoria nos caminhões e então foram encontradas centenas de tabletes da droga em fundos falsos na carroceria dos veículos. Os motoristas e a droga foram encaminhados à Delegacia de Polícia Federal. O crime de tráfico de drogas prevê penas de cinco a 15 anos de prisão e multa, destacou a PRF.

Reprodução: IstoÉ

Novos bafômetros serão utilizados pela PRF na Copa América

A Polícia Rodoviária Federal vai empregar novos bafômetros a partir do início da Operação Copa América 2019, nesta sexta-feira, no Brasil. No Rio Grande do Sul serão 22 aparelhos, mas outros devem chegar até o final do ano. Eles serão acrescidos aos mais de 120 equipamentos já utilizados na fiscalização ao longo dos cerca de 6 mil quilômetros de estradas gaúchas.

Conforme a PRF, o novo bafômetro possui dois modos de operação. Na função passiva, que serve como uma triagem para o policial rodoviário federal, ele indica se o condutor abordado fez ou não uso de bebida alcoólica antes mesmo de assoprar o etilômetro. O aparelho dispensa o uso dos bocais descartáveis e demanda menos tempo para conclusão da abordagem, o que diminui os gastos públicos e permite que mais motoristas possam ser fiscalizados, assegurando uma maior segurança viária e preservando mais vidas.

Na função ativa, o aparelho assemelha-se ao usado normalmente e afere através do sopro a quantidade de álcool existente no organismo do motorista. Quem foi flagrado em estado de embriaguez é autuado em R$ 2.934,70 e perde sete pontos, além de ter suspensa a Carteira Nacional de Habilitação.

Reprodução: Correio do Povo

DF: PRF flagra 15 condutores embriagados durante o fim de semana

Agentes da Polícia Rodoviária Federal (PRF) flagraram 15 condutores embriagados nas rodovias do Distrito Federal durante o fim de semana. Desses, quatro foram presos por apresentar índices acima de 0,3 miligramas de álcool por litro de ar expelido dos pulmões. Em um dos casos, o teste do bafômetro indicou 1,24mg/l.

Este mês, a PRF divulgou que o número de motoristas flagrados sob efeito de álcool cresceu na capital. Mesmo em meio à campanha Maio Amarelo, 86 condutores foram autuados por desrespeito à lei seca nas rodovias que cortam a capital. O resultado é 32,3% maior em relação ao período do ano passado, quando houve 65 ocorrências.

Além disso, durante o período, os agentes registraram cerca de 5 mil infrações. A maioria (314) foi por ultrapassagem indevida. As outras autuações de destaque foram aplicadas para pessoas sem cinto de segurança (124) e crianças sendo transportadas sem o equipamento de proteção— cadeirinha ou bebê conforto (44).

Em 2018, embriaguez ao voltando foi a segunda causa de acidente nas rodovias que cortam o DF e o Entorno. Quem for flagrado dirigindo sob efeito de álcool comete infração gravíssima, perde sete pontos na Carteira Nacional de Habilitação (CNH), recebe uma multa de R$ 2,9 mil e pode ter o direito de dirigir suspenso por um ano. Quem comete o crime de alcoolemia ao volante, além de ser punido administrativa, responde a processo na Justiça.

Fonte: Correio Braziliense

MS: Viatura da PRF capota em perseguição a traficantes na fronteira

Um policial rodoviário federal ficou ferido na manhã desta segunda-feira (27) em acidente ocorrido durante perseguição a um carro possivelmente lotado de maconha. O caso ocorreu na estrada que liga a BR-463 ao distrito de Lagunita, no município de Laguna Carapã.

De acordo com o chefe da PRF em Dourados, Waldir Brasil Junior, a equipe fazia barreira na BR-463 quando parou um carro suspeito de ser batedor de estrada para carga de maconha.

Enquanto os policiais conversavam com o motorista, o condutor de outro veículo passou em alta velocidade. Um policial ficou com o batedor e o outro, Ozanan Catelan, saiu com a viatura em perseguição ao veículo suspeito. Durante o acompanhamento, a viatura capotou várias vezes.

O diretor disse que o PRF Catelan sofreu ferimentos leves, mas reclamava de fortes dores no peito e foi levado para o hospital em Ponta Porã. Com a ajuda de policiais militares de Laguna Carapã, a PRF faz buscas na região para tentar localizar o veículo que escapou da perseguição.

Reprodução: Campo Grande News

Ato em frente ao Congresso reúne 4 mil policiais em defesa de aposentadoria justa para a categoria

A União dos Policiais do Brasil, grupo no qual a FenaPRF faz parte, realizou um ato contra o atual texto da Reforma da Previdência, que atinge de forma cruel os trabalhadores da segurança pública. O evento aconteceu na tarde desta terça-feira, no gramado da Avenida das Bandeiras, em frente ao Congresso Nacional e reuniu vários sindicatos filiados à FenaPRF, que vieram em massa para Brasília para lutar contra o texto da PEC 6/2019.

A mobilização em frente ao Congresso Nacional começou às 13h e seguiu até às 18h, com representantes de várias entidades dando o seu posicionamento sobre o texto, defendendo um tratamento paritário com os militares, que ficaram de fora do texto apresentado na PEC 6/19. Além disso, diversos deputados federais e senadores demonstraram apoio as categorias de segurança pública, a exemplo dos deputados federais e PRFs Nicoletti, Fábio Henrique e José Medeiros.

A estimativa é que cerca de 4 mil policiais de várias categorias e estados estiveram em Brasília para o ato em frente ao Congresso Nacional. Entre os PRFs, a contabilização superou a marca dos 800 policiais rodoviários federais que se deslocaram à Capital.

O vice-presidente da FenaPRF, Dovercino Neto, foi um dos primeiros a discursar. Ele agradeceu a presença dos vários policiais rodoviários federais que se deslocaram dos vários cantos do país para defenderem a dignidade de suas aposentadorias. “Temos que agradecer o empenho, o comprometimento e a garra de todos vocês, que deixaram os seus lares, suas folgas, para estarem aqui presentes nessa luta. Estamos aqui hoje pelo grito de valorização da segurança pública do País”, destacou.

O deputado federal Fábio Henrique (PDT-SE), em seu discurso aos policiais, fez uma analogia do atual discurso do governo sobre a Reforma da Previdência com a Reforma Trabalhista, aprovada no ano passado.

“Há o discurso de que se essa reforma não for aprovada, o Brasil irá parar. Quero lembrar que no ano passado, disseram que se a reforma trabalhista fosse aprovada, o Brasil iria voltar a crescer. Ela foi aprovada e até agora queremos saber aonde estão os empregos que seriam gerados. Não podemos entrar nessa propaganda do governo. Os policias não querem privilégio, mas tratamento digno e justa”.

O ato terminou por volta das 18h, quando todas as categorias fizeram um abraço simbólico ao Ministério da Justiça e cantaram o hino nacional, além de entoarem palavras em defesa de uma aposentadoria justa aos profissionais da segurança pública.

PRF nomeia novo superintendente do Distrito Federal

A Superintendência da Polícia Rodoviária Federal (PRF) no Distrito Federal está sob novo comando. O PRF Júlio Sézar Gomes Ferreira foi nomeado para assumir a chefia do órgão.

Natural de Mucambo (CE) e bacharel em direito, o servidor ingressou na corporação em 1994, aos 29 anos, exercendo atividade operacional no DF até o ano 2000. Após este período, chefiou por três anos o Núcleo de Operações Especiais do DPRF, retornando para a atividade operacional no ano de 2004.

Julio Sézar também já chefiou a delegacia de Anápolis/GO, onde permaneceu de 2005 até 2011, além de convidado pela Direção-Geral para assumir a função de Superintendente de Goiás, por onde permaneceu no cargo por cinco anos. Nos anos de 2017 e 2018, o servidor retornou para a atividade operacional, até que em abril deste ano aceitou o convite para assumir a função de Superintendente Regional da PRF na capital federal.

Com a data para a cerimônia de posse ainda não marcada, o Superintendente espera trazer a sua experiência operacional e de gestão para a regional do Distrito Federal, contribuindo assim, com o crescimento da instituição e promovendo cada vez mais um serviço de excelência para a sociedade.

Fontes: Metrópoles e Estradas.com