CCJ aprova flagrante provado para reconhecimento por testemunhas