Centrais sindicais mantêm disposição de paralisar setor público em maio; governo crê em acordo