Condenado por crime de trânsito poderá ter limite mínimo de horas para prestar serviços à comunidade