Coordenador-Geral de Recursos Humanos do DPRF garante para a FenaPRF que vai remover os servidores que possuem decisões judiciais favoráveis