Relatório do IEP estima que custos do Brasil com violência alcançam 8% do Produto interno bruto