Declaração de ministro do STF reflete visão conservadora do Estado, diz sindicalista