Depois de ataques, autoridades discutem ações de segurança na fronteira de MS