Em reunião com Condsef, Planejamento assegura correção em gratificação de aposentados e volta a dizer que não está autorizado a negociar demandas financeiras antes de 2015