FenaPRF e DPRF debatem busca de Inovação

Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.

O presidente da Federação Nacional dos Policiais Rodoviários Federais (FenaPRF) esteve na sede da Polícia Rodoviária Federal nesta semana para discutir a etapa final de inscrição do primeiro concurso de tecnologias policiais, Startpol. O projeto é uma iniciativa da FenaPRF, Fenapef e APCF, entidades representativas dos policiais federais e rodoviários federais.

O presidente da FenaPRF, Deolindo Carniel, convidou a Polícia Rodoviária a ingressar institucionalmente na divulgação do concurso que selecionará, até 18 de março, startups que apresentem iniciativas de inovação em segurança pública. São 39 áreas tecnológicas que podem ser contempladas, como: Tecnologia da Informação e Comunicação; Química; Biotecnologia; Mecânica e Manufatura e Tecnologias Aplicadas.

Os projetos qualificados receberão financiamento direto das empresas investidoras e estarão qualificadas para aceleração pela Empresa Brasileira de Pesquisa e Inovação Industrial (EMBRAPII), como Carniel explicou.

Representaram a PRF seu diretor executivo, José Hott Júnior e a chefe de gabinete Cintia Vasconcellos. Hott avaliou a iniciativa como valida para ajudar a instituição com soluções para diversas demandas tecnológicas, como equipamentos, viaturas e uniformes.

O curador do concurso, professor da Cornell Institute of Business & Technology, Humberto Ribeiro, ressaltou experiências internacionais de sucesso, como o das forças policiais americanas e canadenses.

A PRF já demonstrou interesse em divulgar o concurso para seu público intra-organizacional. Novas perspectivas de fortalecimento do concurso serão avaliadas pela área de apoio jurídico do departamento.

Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.