Governo ataca direito de servidor e vai à justiça para barrar greve