Governo monta ‘agenda da competitividade’; economistas pedem novo patamar