Mercadorias falsificadas poderão vir a ser reaproveitadas por cooperativas comunitárias