Metade do país acha que ‘bandido bom é bandido morto’, aponta pesquisa