Ministro do TCU, relator do acórdão 1829, afirma estar atento à necessidade dos policiais rodoviários federais