NOTA PÚBLICA FENAPRF – A quem interessa uma Polícia desvalorizada?