Para governo, “desaposentação” pode gerar impacto fiscal de R$ 49 bi