PE: Crianças com câncer viram ‘policiais por um dia’ em ação da PRF no Recife

Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.

Meninos e meninas assistidos pelo Grupo de Ajuda à Criaça Carente com Câncer (GAC), em Santo Amaro, no Centro do Recife, viraram “policiais por um dia”, durante uma ação realizada pela Polícia Rodoviária Federal (PRF). A iniciativa ocorreu nesta quinta-feira (22) e, durante a “blitz do amor”, agentes rasparam a cabeça em solidariedade aos pequenos. (Veja vídeo acima)

A ação é realizada pela PRF desde 2015, no Recife, para aumentar a autoestima de crianças que enfrentam a rotina pesada de tomar remédios, passar por quimioterapia e cirurgias para tratar a doença. O pequeno Jessé, de 7 anos, esqueceu por um dia o tumor que tem na cabeça, entrou no carro da polícia e ligou a sirene.

“Eu acho a polícia legal. Eles prendem os ladrões. Quero ser policial quando crescer, e bombeiro também”, disse Jessé Daniel.

Os policiais fizeram questão de se aproximar da realidade dos meninos e meninas. No câncer, o tratamento, muitas vezes, leva à queda de cabelo. Superintendente da PRF, Alexandre Rodrigues da Silva decidiu ficar careca para homenagear as crianças.

“É para valorizar a criança com câncer. Mostrar que o policial, apesar de ser tratado pela criança como um herói, ele é igual a ela. Ele é tão humano quanto ela e está tão vulnerável quanto. Essas ações nos gratificam muito enquanto policiais”, explicou o superintendente. (Veja vídeo acima)

Aos 8 anos de idade, David Nascimento também é um guerreiro desse batalhão. Ele teve um tumor no olho e ficou mais de um ano em tratamento. Curado, ele aproveitou a motocicleta da PRF e até experimentou o capacete.

“Eu gostei muito. A última vez que eu participei, estava no tratamento, agora estou curado. Quem está fazendo tratamento aqui vai ser curado, em nome de Jesus”, disse.

Sophia Oliveira da Silva, de 5 anos, também descobriu um tumor no olho. Ela passou por cirurgia e teve que remover o órgão. O cabelo também caiu com a quimioterapia, mas no dia do seu aniversário, durante a blitz, ela deixou um pouco de lado o tratamento.

“Hoje é meu aniversário. Estou feliz porque hoje é minha festa. Vou brincar”, disse.

Presidente do GAC, Vera Morais explica que a ação faz toda a diferença para a vida das crianças. “A história da criança não acaba com o diagnóstico. Eles continuam a vida, a infância, e eu vejo isso com muita alegria. Esses policiais fazendo essa diferença para nossas crianças”, explicou.

Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.