PF do Rio defende rejeição de acordo