Projeto para punir servidor ainda está no Congresso