Qualidade das rodovias concedidas é melhor que das administradas pelo setor público, indica pesquisa da CNT