Relator defende aprovação do Estatuto do Controle de Armas de Fogo