Secretário do MS considera corte de verba da PRF ‘economia burra’