Servidores ameaçam entrar na Justiça