Sobre a lenda de que a classe dominante e o imperialismo são oposição ao PT