Unificação de polícias deve ser gradual e pode levar de cinco a dez anos, diz Taques