Comissão Especial rejeita Destaque para a Segurança Pública

Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.

Apesar de todo o esforço realizado pelo sistema sindical dos PRFs desde que o texto da PEC 06/2019 foi levado à Câmara dos Deputados, a maioria dos deputados membros da Comissão Especial que analisou o texto votou pela aprovação do texto base da Reforma da Previdência e pela rejeição do Destaque número 40, que faria justiça à aposentadoria dos operadores da segurança pública.

O revés ocorreu após uma semana bastante conturbada, de muito trabalho de esclarecimento acerca da importância de se fazer justiça aos policiais não-militares.

De acordo com o presidente da FenaPRF, Deolindo Carniel, os policiais caíram de pé com a derrota de ontem (04). “Temos que agradecer ao PSD porque desde o início estiveram com a gente, foi o partido que nos apoiou, aguentou a pressão e esteve ao nosso lado. Quem nos traiu foi o PSL e principalmente a bancada que se diz a bancada da segurança pública. Vamos lutar no plenário para reverter essa decisão injusta da comissão especial”, afirmou.

Muito trabalho pela frente

Foram 12h de trabalho diárias por quatro dias dentro do Congresso Nacional, sem pausa. Parabenizamos todos os PRFs que se colocaram à disposição da categoria durante todo este período de análise da PEC 06/19, agradecemos pelo esforço durante as últimas semanas, deixando suas famílias e fazendo plantões em Brasília, por uma realidade mais justa para todos.

O trabalho árduo continuará firme em busca de justiça a todos os operadores de segurança pública brasileiros, para que os servidores e suas famílias não fiquem desamparados.

Em um ato de união, os membros do conselho de representantes do sistema sindical da PRF fizeram um vídeo afirmando que a luta não cessará. Assista abaixo:

Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.