Em ato no Planalto, policiais e demais categorias pedem veto no PL do abuso de autoridade

Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.

Em ato em frente ao Palácio do Planalto, policiais, membros do Ministério Público, auditores da Receita Federal, juízes pediram ao presidente Jair Bolsonaro para que vete pontos do projeto de lei de abuso de autoridade, aprovado na semana passada no Congresso Nacional. O prazo para a sanção ou veto vai até o dia 5 de setembro.

O vice-presidente da FenaPRF, Dovercino Neto, e o coordenador de políticas institucionais, Paulo Sérgio estiveram no ato em frente ao Palácio do Planalto para apoiar o veto ao PL 7596/17. Em nota na semana passada, a Federação destacou que tal projeto criminaliza as condutas da atividade policial por gerar maior inseguridade a atividade de defesa e proteção da sociedade brasileira.

Durante o ato, vários manifestantes carregavam faixas com os dizeres “estuprador solto, promotor preso”, “homicida solto, juiz preso”, “estatuto do delinquente” e “criminalizar a corrupção de quem investiga e pune a corrupção é a solução? Diga não. #vetabolsonaro”.

A FenaPRF repudia qualquer tentativa de enfraquecimento da segurança pública brasileira e apelamos para que o bom senso seja restabelecido no debate e que as distorções aprovadas sejam imediatamente revistas. Em entrevistas recentes, Bolsonaro diz que irá vetar alguns pontos, mas não especificou quais.

Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.